FEATURED IN

5 THINGS YOU NEED TO KNOW ABOUT MANAGING PEOPLE AROUND THE GLOBE

You have probably heard some jokes on globalization – like someone protesting against globalization but wearing a pair of shoes made in Indonesia, a watch made in Switzerland, a t-shirt made in China, etc. You get the idea.

The same happens in the organizations. You may say that using a global approach when managing people is not for you. However, like the protester above, like it or not, we all need to develop competencies to effectively manage people around the globe.

Here’s what you need to know.


5 DICAS PARA A GESTÃO DE PESSOAS A NÍVEL GLOBAL

Numa pesquisa na internet encontrei um “cartoon” em que alguém protestava contra a globalização, mas cujos sapatos eram fabricados na Indonésia, o relógio na Suíça e a t-shirt na China. Fez-me pensar que e uma boa metáfora para o que se passa nas organizações. Muitas vezes os lideres dessas organizações dizem-me que gerir pessoas de forma global não se aplica ao negocio deles, essencialmente devido a inexistência de presença internacional da empresa que lideram. No entanto, tal como o protestante do “cartoon”, as organizações lidam diariamente com a globalização, de uma forma ou de outra.

O que e que as organizações precisam de saber sobre a gestão de pessoas a volta do mundo?

COMO MANTER OS SEUS COLABORADORES INTERESSADOS NA FORMAÇÃO

No último artigo que escrevi para a RHmagazine discuti as considerações que deve ter na gestão de pessoas a nível global, incluindo a necessidade de ser sensivel às diferenças culturais dos seus colaboradores, fornecedores e clientes.

Se é verdade que essa diversidade cultural existe, não é menos verdade que existem coisas que todos temos em comum. É hoje consensual, que a necessidade de aprender coisas novas e ser estimulado intelectualmente é, em geral, algo comum a todas as pessoas, independentemente da sua cultura e/ou país de origem.